RETINOPATIA HIPERTENSIVA EM FELINO - RELATO DE CASO

  • Raphael de Oliveira Mendonça Uniguaçu
  • Evelin Thais Bueno da Silva Freitas
  • Fábio Mocelim
Palavras-chave: Hipertensão arterial; fundo de olho; retinopatia hipertensiva.

Resumo

A hipertensão arterial é uma importante alteração observada na clínica médica de cães e gatos, principalmente em animais idosos ou que apresentem doenças crônica e que se não controlada pode resultar em danos irreversíveis. Além do fator patológico, a pressão arterial sanguínea também sofre influência de diferentes variáveis, tais como idade, raça, estresse, principalmente durante o atendimento e até mesmo dieta dos animais. A retinopatia hipertensiva é uma consequência oftálmica decorrente do aumento da pressão arterial sistêmica, causa injurias como edema, hemorragia retiniana e descolamento da retina, podendo levar o animal a cegueira. O exame oftalmoscópico das alterações vasculares permite o diagnóstico e o prognóstico. Não há tratamento específico para a retinopatia hipertensiva, o tratamento consiste em manter a pressão arterial dentro da faixa de normalidade para a espécie visando minimizar os efeitos da hipertensão e evitar que ocorram outras lesões em órgãos-alvo que podem levar o animal à morte.

Publicado
2020-09-24