A INFLUÊNCIA DO CONFORTO AMBIENTAL NO PROCESSO DE REABILITAÇÃO DE DEPENDENTES QUÍMICOS

  • Cristian Ruam Maçaneiro Centro Universitário Vale do Iguaçu
Palavras-chave: Arquitetura, Conforto Ambiental, Dependência química, Centro de Reabilitação

Resumo

O presente artigo tem a finalidade de apresentar a influência do conforto ambiental no processo de reabilitação de dependentes químicos, sendo um dos grandes problemas da saúde pública, a dependência química cresce a cada ano entre a população mundial. Desta forma, analisam-se como conceitos estudados na arquitetura e no conforto ambiental se aplicam nos centros de reabilitação e agem positivamente no tratamento, diminuindo a ansiedade e promovendo a sensação de bem estar e a integração do espaço físico humanizado com os dependentes.  No âmbito da arquitetura os conceitos de conforto ambiental, iluminação e ventilação, cores e paisagismo são aprofundados e utilizados como soluções projetuais para as dificuldades de permanência nos centros de reabilitação.  

Publicado
2020-12-14