Limiar de lactato no exercício resistido

  • Rafael Gemin Vidal Centro Universitário Vale do Iguaçu
  • Igor Soares Opiczh
Palavras-chave: Exercício Resistido. Lactato. Limiar de Lactato.

Resumo

O treinamento resistido tem se popularizados cada vez mais, tanto pela sociedade geral, como no meio científico, trazendo estudos sobre algumas variáveis fisiológicas e metabólicas que causa impacto no treinamento. O limiar de lactato é uma delas, usados como medidor da intensidade do exercício. Objetivo: identificar o limiar de lactato no exercício resistido (musculação), em um teste de carga progressivo, baseados na porcentagem de uma repetição máxima. Métodos: Os testes foram feitos em dois exercícios de musculação o Leg Press 45° e o Supino reto, participaram da pesquisa 3 voluntários com idade média de 26±3,6 anos, com experiência de mais de 2 anos de treinamento. O primeiro teste foi constituído de uma repetição máxima (1RM), para identificar a maior carga de cada voluntário nos dois exercícios. Após a carga máxima identificada, foi fragmentado as porcentagens dos pesos a serem aumentados no teste progressivo, no qual foi disposto da seguinte forma incremental: 10%, 20%, 25%, 30%, 35%, 40%, 45%, 50%, 55%, 60% de 1RM. A duração de cada estágio possuiu a duração de 1 minuto, ou até enquanto o indivíduo suportasse executar os movimentos com 4 segundos para um movimento completo, com 2 minutos de intervalo onde se fez a coleta sanguínea.  Resultados: Para o exercício supino reto identificou-se acumulo de lactato com 20% para todos os indivíduos, já no exercício Leg Press 25%. Conclusão: A porcentagem da carga onde os participantes atingiram a falha muscular variou entre 30% e 55%, identificando diferentes índices de remoção do lactato entre os indivíduos, este fato pode ser explicado pelos diferentes níveis de treinabilidade de cada um.

Publicado
2019-12-31