REFLEXÕES SOBRE A POBREZA URBANA NA PERSPECTIVA DO PERTENCIMENTO DOS SUJEITOS DE COMUNIDADES DE BAIXA RENDA

  • Carla Gisele Polsin Uniguaçu
  • Bruna Juliana Polsin Guimarães
  • Ivanete Schneider Hahn
Palavras-chave: Arquitetura, Pobreza, Comunidade, Pertencimento

Resumo

O atual processo de produção do espaço urbano no Brasil se constrói reproduzindo desigualdades, gerando assim áreas de extrema pobreza urbana onde arquitetura é produzida por meio da necessidade de moradia e, a percepção dos indivíduos sobre o local se relaciona com a existência do sentimento de pertença. Este artigo apresenta reflexões sobre a arquitetura e a pobreza urbana na perspectiva do pertencimento dos sujeitos de comunidades de baixa renda.

Publicado
2020-05-21