INDISCIPLINA ESCOLAR

RELATO DE EXPERIÊNCIA EM UMA ESCOLA NO MUNICÍPIO DE BITURUNA/PR

  • Luiza da Rosa Centro Universitário do Vale do Iguaçu - Uniguaçu
  • AMÁLIA BEATRIZ DIAS MASCARENHAS
Palavras-chave: Indisciplina Escolar; Análise do Comportamento; Reforço Positivo

Resumo

O presente artigo é fruto da experiência prática realizada por meio do Estágio Básico III do curso de Psicologia do Centro Universitário do Vale do Iguaçu - UNIGUAÇU, a qual se deu com uma turma de 3º ano do ensino fundamental de uma escola municipal da cidade de Bituruna/PR.  Para a elaboração da pesquisa foram realizadas observações a fim de verificar a demanda do local, constatando-se a existência de comportamentos indisciplinados por parte dos alunos da turma em questão, os quais acabavam por dificultar a vivência escolar e consequentemente o processo de ensino-aprendizagem. Assim, a atividade proposta teve como base teórica as técnicas da Análise do Comportamento, mais especificamente do Reforço Positivo, com o intuito de apresentar estratégias assertivas para enfrentar o fenômeno da indisciplina escolar, de modo que fora entregue ao final da atividade um prêmio aos alunos que respeitaram as regras de convivência, sendo este uma recompensa para os comportamentos considerados adequados, aumentando assim a probabilidade destes ocorrerem com maior frequência. Os resultados revelam que 54% dos alunos da turma apresentaram condutas mais disciplinadas após a atividade, o que sugere ser possível gerar consequências positivas no ambiente a fim de aumentar a ocorrência de um comportamento desejado.

Publicado
2020-09-24