O conhecimento dos alunos do 5º ano da cidade de Mallet – PR referente aos Jogos e Brincadeiras tradicionais.

  • Jéssica Alessandra Majewski Uniguaçu
  • Jéssica Chaiane Brem Marinhuk Uniguaçu
Palavras-chave: Jogos e Brincadeiras. Tradicionais. Educação física.

Resumo

O presente estudo tem por finalidade verificar o conhecimento que os alunos do 5º ano da cidade de Mallet – PR, possuem com relação aos jogos e brincadeiras tradicionais. Apresentar o conhecimento do professor em relação às brincadeiras e jogos tradicionais, verificar a presença deste conteúdo estruturante nas aulas de Educação Física, identificar quais brincadeiras são relatadas pelas famílias dos educandos e quais são mais populares entre os alunos, são os principais objetivos deste trabalho. E para atingi-los, optou-se por uma pesquisa de campo com análise quanti-qualitativa através de questionários. Estes foram validados por três professores do colegiado de Educação Física da Uniguaçu e respondidos por 69 alunos matriculados no 5º ano, sendo 39 do sexo masculino e 30 do sexo feminino, com idades entre 09 e 11 anos, também dois professores de Educação Física e 56 familiares dos alunos. Após a coleta, os dados foram analisados e apresentados através de gráficos. Dentre os alunos participantes 43,5% (30) residem no centro da cidade e 56,5% (39) na área rural, onde há um percentual de 87% (60) de alunos que brincam com seus familiares e apenas 13% (09) não tem esse contato. Com relação à opinião das famílias sobre a prática das atividades tradicionais nos dias atuais, 58,9% (33) afirmam que ainda são feitas, 35,7% (20) dizem que não e 3,8% (02) não sabem dizer. Por se tratar de uma cidade do interior, percebe-se que muitas atividades que antes eram praticadas pelas famílias, continuam sendo realizadas pelas crianças, graças ao alto contato que possuem com seus familiares. Na escola, os professores também têm papel fundamental no repasse desses jogos e brincadeiras, pois estão diretamente ligados a estes conteúdos podendo fazer com que seus alunos se sintam atraídos em conhecer cada vez mais.

Publicado
2020-12-14