OS FATORES ENVOLVIDOS NA EFETIVAÇÃO DO ATO SUICIDA NA ADOLESCÊNCIA: REVISÃO DE LITERATURA

  • Karine Packer centro universitário vale do Iguaçu
Palavras-chave: Fatores de Risco. Suicídio. Adolescência.

Resumo

O objetivo geral do presente estudo é realizar uma análise sobre a produção teórica de autores que debatem a respeito dos fatores de risco associados ao comportamento suicida em adolescentes com idades entre 15 e 24 anos. Para isso, foram selecionados materiais bibliográficos da base de dados Scielo e Pepsic, além do mais, foi utilizado como recursos: livros, cartilhas oficiais e também artigos de revistas eletrônicas e impressas, de modo que todos os documentos consultados foram escritos em língua portuguesa ou estrangeira e tratam especificamente sobre o assunto em tela. Após a seleção e análise dos estudos que preencheram os critérios de elegibilidade, foi possível constatar a associação do suicídio com a presença de transtornos mentais, especialmente, a depressão. Também, verificou-se como fatores importantes para a ocorrência do fenômeno relacionamentos interpessoais insatisfatórios, história de suicídio na família, tentativas anteriores de suicídio e o uso de substâncias psicoativas. Os resultados ainda evidenciaram que a maioria destes aspectos podem ser prevenidos quando identificados precocemente. Portanto, pode-se concluir a partir da elaboração deste artigo, que existem inúmeros fatores interligados ao ato suicida, sendo necessário maior foco de atenção à esta temática, uma vez que existe a grande incidência entre os adolescentes e por se tratar de um assunto pouco discutido, o qual sofre tanto preconceito por parte das pessoas que desconhecem a complexidade e delicadeza do assunto.

Publicado
2019-07-30